Emprego formal cresceu 5,34% em Mato Grosso do Sul em 2012

Emprego formal cresceu 5,34% em Mato Grosso do Sul em 2012

25/01/2013 | Gizele Cruz de Oliveira
Rachid Waqued

Campo Grande (MS) – Mato Grosso do Sul teve crescimento de 5,34% nos empregos formais no ano de 2012, conforme dados divulgados na tarde desta sexta-feira (25) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Nesse período, foram gerados 24.224 novos empregos com carteira assinada. O resultado consta no balanço anual do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e já leva em conta a série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo.

Os setores de atividade econômica que mais contribuíram para esta expansão foram Serviços (+11.355 postos), a Indústria de Transformação (+4.928 postos), o Comércio (+4.721 postos).

Em dezembro, por razões sazonais que marcam a série do Caged (entressafra agrícola, férias escolares, período de chuvas, esgotamento da bolha de consumo no final do ano), verificou-se declínio de 1,80% no nível de emprego ou -8.610 postos de trabalho.

Em todo o País, a geração de novos postos atingiu 1.301.842 vagas. Os dados do Caged demonstram que houve crescimento de 3,43% em relação ao estoque de empregos de dezembro 2011. Este aumento originou-se do saldo de 21.619.521 admissões contra 20.317.679 desligamentos.

Regiões

Segundo análise por recorte geográfico, os dados também revelam a expansão generalizada do emprego em todas as grandes regiões e Unidades da Federação. Percentualmente, o Centro-Oeste teve a maior expansão, 150.539 (5,33%). A região Sudeste obteve 655.282 postos (3,20%), o Sul, 234.355 postos (3,41%), o Nordeste, 190.367 (3,15%), e o Norte, 71.299 postos (4,20%).

Dados de Dezembro – Brasil

No mês de dezembro, os dados do Caged revelam, como é comum nesse período, uma queda no nível de emprego formal, devido a fatores sazonais como entressafra agrícola, término do ciclo escolar, esgotamento da bolha de consumo no final do ano e fatores climáticos. No mês houve redução de 496.944 postos de trabalho, representando uma queda de 1,27% em relação ao estoque de dezembro de 2011. O número de admissões foi de 1.211.216, o terceiro maior para o mês contra 1.708.160 desligamentos, segundo maior para o período.

Dentre os 25 subsetores, somente o Comércio Varejista apresentou um crescimento no nível de emprego com 7.016 postos. Esse aumento superou a queda do Comércio Atacadista (- 3.851 postos) que possibilitou o saldo positivo para o setor de Comércio com 3.165 postos.

Os dados completos podem ser acessados no link do Caged no Portal do MTE

Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego

trabalho

Comentários desativados